“Quem gosta, protege e se importa. O resto, é resto, e de resto meu bem, ninguém vive!”
Caio F. Abreu.
©